MDS segura “Pop Galo”, a mais recente obra de Joana Vasconcelos

A MDS uniu-se à artista Joana Vasconcelos para levar a sua mais recente obra “Pop Galo” à volta do mundo. No âmbito da parceria estabelecida, a MDS garante os seguros necessários para assegurar a proteção da obra que, pela sua complexidade, dimensão e exposição pública representa um desafio para a atividade seguradora.

Marcos Polónia, diretor de Private da MDS, afirma: “O apoio da MDS à obra de Joana Vasconcelos integra-se na nossa política de responsabilidade corporativa, que dedica uma especial atenção à área da Cultura, mas permite-nos também colocar ao serviço da comunidade as nossas fortes competências em consultoria de risco e disponibilização de seguros de arte. As obras de arte são peças únicas cuja proteção através de seguros é essencial, tendo a MDS uma oferta específica para o efeito, que permite proteger as obras guardadas em casa, mas também quando existe o seu transporte e exposição”.

A obra Pop Galo foi inaugurada este fim-de-semana, em Lisboa, dando início a uma ambiciosa itinerância que a vai levar, por exemplo, a Pequim e Xangai (inserida nas comemorações do Ano do Galo. A obra seguirá depois para o Brasil.

A escultura Pop Galo é inspirada no popular Galo de Barcelos e concilia a tradição da azulejaria nacional com a mais moderna tecnologia LED. Com cerca de dez metros de altura, a obra é revestida com cerca de 17 mil azulejos pintados à mão e, aproximadamente, 15 mil luzes LED, interconectadas com uma composição sonora criada especificamente para a obra, conferindo a este Galo de Barcelos tecnológico diferentes leituras e transformando a obra do dia para a noite.

 

popgalo